Alguma poesia--- TAG-- segunda feira


Sossegue sua mente, transpareça
Abra , encaixe, saiba agradecer
Não complicar a vida da gente
Mostrar ao povo sua cultura
Respeitar aquilo  que descrente
Seja  motivado e impulsionado 
Pelo amor-próprio
Por quem sente


A todos que invertidos
Não saibam o valor das palavras
Repetem tudo ser ter aprendido
Que  sendo desinibido não criará nada
Nem amor, e com dinheiro é nada
Custa-lhe criar uma morada
Ao que possa dar amor
Passar no frio e no calor cuidando
De tudo
De tudo que gosta
Mesmo sentando pensando
Com amor, sem a força dele não é nada
Pela força de seus sentimentos
Compreende a vida
O vento
Mesmo que o mar e seus lamentos
Sejam tão profundos e nus
Entre abertos,
A sua sina de querer sempre mais
Não lhe compreende
Que seu amor, sua crença ora descrença
Do amor-próprio
Caso não veja sua mulher
Corroendo seu ócio
De sofrer à ganância
Em sua própria infância de lembrar
Que amar é viver.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Chaves, antigas ,belas, amuletos.Divas