terça-feira, 19 de agosto de 2014

Sobre a mesa...

Se tornou comum
tão desleixado
ao tanto depressivo
arcondado

Mal se veste pouco rico
ao muito que faz
quer realmente descobrir a fortaleza
sua própria dor que lhe traz
Lhe traz a vida
o peso
retira leveza
seu próprio destino
colocado sobre a mesa
sua mesa de dor
dentro de um bar
em seu próprio lar
com suas bebidas
e seus gardenais
traz a leveza
que a sorte lhe faz
Traz a leveza
ao pote
ascar
Sua morte seu altar
O seu fim
O nosso inicio
quer realmente  renovar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou deste artigo?Deixe seu comentário ou assine nosso feed.